Olá sol

Ontem que foi dia de ficar em casa no mimo da mãe hoje já foi dia de voltarmos às nossas rotinas e quer-me parecer que aquele pico de febre pela manhã foi mesmo uma desculpa para passar o dia em casa pois a febre não voltou mais e está rijo como sempre! Será que ele faz muita força e a febre aparece? Gostava de às vezes ter essa magia. 
Um dia que iria ser para ficar em casa e teríamos de descobrir mil maneiras de entretenimento afinal o querido sol apareceu e pudemos sair de casa e dizer olá ao sol que até estava quentinho é tão brilhante. 
Foi um passeio e pêras! Com dois bebés que a toda a hora querem a nossa atenção.
Não fomos muito longe, mas também aqui a verdade é que para ter paisagens lindas e sítios para brincar não faltam pois é só pormos o pé fora de casa :) 













O Dinis a esta altura em que se aproxima o seu quarto aniversário anda com um problema de idade média e quer impor-se em tudo. Há dias que anda com a conversa que já não é um bebe e que tem quatro anos, se lhe perguntam a idade é o número quatro que sai a toda a força da sua boca e se o corrigimos e dizemos que está quase a fazer os quatro ele fica nervoso. Ao que parece os miúdos da sala da frente - que são mais velhos - são a preferência na hora das brincadeiras que ele tem e depois chamam o Dinis de bebe porque eles já vão a caminho dos 5 e o Dinis ainda nem 4 tem. 
Explicamos sempre que um dia vai querer ser mais novo e não vai poder e que não faz mal ter esta idade porque vai crescer, mas ele não se convence. Ora aí está a saída do lado do pai e da mãe, teimosia! Venham lá agora dizer que não sai aos dois ah ah

Meuamorpequeno um dia vais pedir para ser criança outra vez e nessa altura vou mostrar-te as birras que fazias para ser crescido. 


Por mim ficava assim, sempre pequeno para que a toda a hora o pudesse encher de mimos sem refilar.

with love, R